PUBLICIDADE

Ibuprofeno pode causar infertilidade em homens, aponta estudo

Pesquisa mostra que substância diminui a produção de testosterona, principal hormônio sexual

Um estudo publicado na revista cientifica Proceedings of the National Academy of Sciences descobriu que o Ibuprofeno, uma substância presente em analgésicos para tratamento de dor, pode afetar a fertilidade masculina quando utilizada em doses prolongadas.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

A pesquisa foi realizada por cientistas da Universidade da Dinamarca que avaliaram 31 jovens de 18 a 35 anos por mais de seis semanas e constataram que o uso do Ibuprofeno por longos períodos interrompeu a produção de testosterona, principal hormônio responsável pela fertilidade masculina.

Com isso, os jovens que consumiram a substância desenvolveram uma desordem denominada ?hipogonadismo compensado? dentro de duas semanas, após terem tomado 600 mg de Ibuprofeno duas vezes ao dia. Esse tipo de condição surge quando o organismo precisa aumentar os níveis de testosterona porque a produção normal dos testículos caiu, e geralmente é mais comum em homens com idade avançada e fumantes.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Os pesquisadores que lideraram o estudo afirmam, no entanto, que a desordem é temporária. Porém, não descartam que há um risco de a condição se tornar permanente em pacientes que utilizam o medicamento há longo prazo.

Em declaração à imprensa internacional o pesquisador, David Mobjerg Kristensen afirma que esses medicamentos feitos à base de Ibuprofeno são bons analgésicos, mas existem pessoas que usam de forma descontrolada.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Essa não é a primeira vez que o uso prolongado do Ibuprofeno é associado a problemas de saúde. Em julho do ano passado, um estudo publicado na revista European Heart Journal descobriu que o Ibuprofeno é capaz de aumentar em 31% o risco de parada cardíaca.

A pesquisa, também realizada pela Universidade da Dinamarca, analisou, na época todas as paradas cardíacas registradas no País entre 2001 e 2010. No período analisado, cerca de 28.947 pessoas faleceram por parada cardíaca. Deles, 3.376 haviam tomado medicamentos antinflamatórios não esteroidais (AINE), entre eles o Ibuprofeno.

Uma possível explicação para o caso é a de que esses medicamentos, quando usados sem orientação médica, possam ter provocado coágulos, fazendo com que as artérias se estreitem e aumentando assim a retenção de líquidos e a pressão sanguínea.

No entanto, é válido ressaltar que os estudos não são conclusivos e não comprovam uma relação de causa e efeito entre o consumo de Ibuprofeno e problemas de saúde. Portanto, ainda são necessários mais estudos para comprovar os efeitos do uso prolongado do medicamento.

* A matéria foi atualizada às 15:21 do dia 10/01/2018.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)