PUBLICIDADE

OMS inclui São Paulo como área de risco de febre amarela e vacinação é antecipada

Mudanças ocorreram por causa do grande aumento do número de casos no estado

Em comunicado divulgado nesta terça (16), a Organização Mundial da Saúde - OMS afirmou que todo o estado de São Paulo passa a ser considerado uma área de risco para a febre amarela. A OMS indica que os turistas que foram para São Paulo devem se vacinar 10 dias antes de desembarcarem no estado.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

A mudança na diretriz ocorreu por causa do aumento nos casos de febre amarela em São Paulo: de 40 casos que ocorreram dentro do estado, 21 deles evoluíram para óbitos desde o início de 2017 até hoje.

Por isso, a Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo vai antecipar e ampliar a campanha de imunização contra a febre amarela, com a meta de imunizar 8,3 milhões de pessoas ainda não vacinadas. O início será em 29 de janeiro, última segunda-feira do mês.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

"Haverá ?Dias D? nos sábados 3 e 17 de fevereiro, data prevista para encerramento da campanha. Durante o período, o Governo do Estado pretende vacinar moradores de 54 cidades que residem em áreas ainda não alcançados pelo vírus, mas que estão receptivas, pois integram os corredores ecológicos", informa a Secretaria em comunicado. Nos ?Dia D?, os postos de saúde dos municípios envolvidos estarão abertos em regime especial para atender a população.

A campanha será realizada com dose fracionada da vacina, conforme diretriz do Ministério da Saúde. O frasco convencionalmente utilizado na rede pública poderá ser subdividido em até cinco partes, sendo aplicado assim 0,1 mL da vacina, o que oferece eficácia comprovada de pelo menos oito anos.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)